Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \30\UTC 2008

>> Para aqueles universitários que adoram O Aprendiz e sempre se imaginaram fazendo as tarefas do programa, podem começar a se preparar! A partir dessa sexta começam as inscrições pra participar do reality apresentado pelo Roberto Justus que irá até o dia 31/12. Pra tentar uma chance no programa é só entrar no site oficial da Record, ser maior de idade, e estar estudando qualquer curso superior e instituição de ensino brasileira. O vencedor terá uma vaga em uma das empresas de Justus e um prêmio de R$ 1 milhão.

>> Parece que Mariana Velho, a vencedora do Brazil’s Next Top Model, tem algumas coisas a dizer sobre a sua participação no programa. Eu poderia citar um trecho ou outro, mas a entrevista que ela deu é imperdível, do primeiro ao último parágrafo. Me soou bastante comodista e mimada quando reclamou de algumas cláusulas no contrato da Ford e, principalmente, quando citou que o programa deveria ter “mostrado os seus pontos positivos”. O que me surpreende muito, visto que ela era só elogiada semana após semana.

>> Completando a roda de notícias sobre BrNTM, quem quiser rever a primeira temporada em clima de nostalgia basta clicar aqui que você verá a temporada completa via You Tube. Mas se você estiver mais interessado em saber notícias e furos do próximo ciclo, basta me avisar! Já sei o top 13, ou seja, as garotas que foram selecionadas pra entrar na casa, e a primeira eliminação. Quem quiser saber, basta deixar um comentário aqui embaixo pedindo, que eu respondo via e-mail, ok?

Read Full Post »

Como eu já havia alertado, Alexandre Herchcovicth e Paulo Borges foram substituídos, e Dudu Bertholini é um dos novos jurados dessa temporada. Hoje, além de ficarmos sabendo as 20 finalistas, ainda pudemos descobrir o outro nome que completa a bancada: o maquiador Duda Molino. Molino não participou do ciclo passado ao contrário de Bertholini, mas parece ser uma bom nome. Os dois junto com Erika Palomino, a única jurada da edição anterior, e Fernanda Motta têm uma boa química juntos e isso é o que acaba contando (além de terem maior poder de argumentação).

Mas o que importa mesmo é analisarmos as finalistas e vermos qual delas deverá entrar na casa, já que sete delas não terão a mesma chance. Estou procurando por maiores informações sobre quem já foi eliminada, inclusive me contaram que já há uma favorita (lembrem que disse que a Ford teria voz ativa? Pois é, essa menina é a preferida da agência), mas quero esperar para ter confirmações e outros dados sobre quem entra e quem já saiu. Por enquanto, fiquemos com as vinte finalistas (momento superficialidade e futilidade: on!)

A paulista ALINNE de 24 anos já e a minha favorita. Ela tem um sorriso lindo e um formato de rosto perfeito. Além de ter um visual meio Melrose (do ciclo 7 de ANTM), ela parece ser uma das mais profissionais entre as indicadas (basta ver o perfil dela no site oficial do programa). Possivelmente entrará entre as 13 finalistas.

A paranaense ANDREÍA tem uns olhos muito bonitos e um corpão, e talvez esse seja o seu ponto fraco na competição, porque não precisa pensar muito e lembrar do destino das gostosonas: a eliminação em poucas semanas. E deve acabar entrando no programa justamente para ser uma das primeiras a sair.

A paraense CAROLINNE de início não me chamou muita atenção, mas talvez depois de um makeover poderoso ela possa mostrar a que veio. Os olhos são bonitos. Quem sabe com um corte curtinho ela consiga se mostrar mais? Também deve ser selecionada, principalmente pra representar o norte.

DAYSE pode até ser brasiliense, mas não conseguiu o meu voto. Quando você mudar esse cabelo, a gente volta a conversar, está bem? As fotos que estão no perfil dela também não adianta muito não. Será que é a surpresa dessa edição?

Quem vê essa foto da mato-grossense ÉLLY, pode até não dar nada por ela, mas se ela conseguir repetir as imagens que divulgadas no seu perfil, ela pode ir muito longe! E tem um corpo perfeito pra desfile. Será que é Ana Paula Costa fazendo escola?

Se já começamos a lembrar das participantes do ciclo passado, é impossível não lembrar de Érycka, quando se vê a gaúcha ESTÊFANI. Além do nome “estilizado”, as duas tem um visual um pouco diferente, só que Estêfani ganha a vantagem de ser bem mais bonita, é claro. Os lábios grandes são um charme, mas epa! Será aquilo um biquinho? Ah não. Eu já vi esse filme…

A mais alta de todas, a brasiliense FLÁVIA GIUSSANI (e vai com o sobrenome porque existem duas Flávias)  tem um rosto bonito, mas não parece ir muito além disso. Não parece ser muito criativa na hora de modelar e, se for chamada, tem cara de ser aquelas participantes que os jurados vão ficar cobrando por uma foto boa até ela ser eventualmente eliminada. Hum… Maus presságios?

Enquanto isso, a paulista FLÁVIA GLEICHMANN (que possui a mesma altura de sua xará) me faz indagar o porquê de estar aqui. Tem um rosto normal, um corpo normal. Talvez só a altura seja o seu atributo mesmo. Será que só quiseram ela pra ter ao menos duas loiras entre as finalistas?

A carioca ISABEL é, na minha humilde opinião, a mais bonita das garotas (ou pelo menos uma das, vivo mudando de idéia). Eu esperava mais dela (mesmo com 1,72 de altura), mas depois que descobri que ela se candidatou a Miss Rio, fiquei em dúvida. Afinal de contas, todas essas misses que querem virar modelo acaba não dando muito certo. Será que vinga?

Se a Flávia era uma interrogação na minha cabeça, a carioca KARINA é com certeza um punhado dela. Ela não tem um rosto muito bonito, um corpo e uma altura que chame atenção, e parece ter um gosto bastante duvidoso (que roupa é essa?). Será que ela foi chamada de última hora só pra completar os 20 nomes? Ou será que ela está aí por causa da sua personalidade? Hum… Me parece insegura demais pra ser a bitch. De repente ela foi chamada justamente para uma bitch brigar com ela. Fiquem espertos!

A também carioca LUANA ajuda a completar o time das morenas. Olhando as fotos promocionais dela, pode-se vê um visual bastante comercial e nada mais que isso. Mas dando uma conferida nas outras fotos dela em seu perfil no site, percebe-se algo mais. Fico em cima do muro quanto a ela.

Há algo na mineira MAÍRA que me é familiar. Não sei se é uma vibe meio Adrianne Curry (do ciclo 1 do ANTM) ou se é o corte de cabelo parecido com o da Andréa do ciclo passado. Mas algo tem que ser feito quanto a isso. Tomara que radicalizem no makeover dela. Parece ter olhos bem fortes, expressivos. Uma das promessas das meninas.

A paulista MALANA pode deixar muitos em dúvidas quanto ao seu merecimento entre as finalistas, pois é inegável dizer que ela se parece com um homem (pelo menos nas fotos divulgadas). Mas se há algo que todos parecem concordar é o seu potencial “barraquelístico”. Será essa a bitch-mor que honrará as discípulas de Tyra? Parece que sim…

Outra carioca, dessa vez MARIANNA, parece ser bem sem gracinha. Nem mesmo as fotos presentes em seu perfil no site empolgam muito. Será que ela tem uma personalidade melhor? Torcemos para que sim!

A gaúcha PRISCILA tem um rosto muito bonito, comprido e parece ser bastante fotogênica. O problema são as suas fotos no site. Muito sem critividade e todas batidas e clichês. Será que se entrar no programa rende?

A paulista RAPHAELA é a única entre as candidatas cujas fotos em seu perfil foram tiradas nos stands promocionais do programa. Para aqueles que seguiram as incrições de perto, podem se lembrar das declarações dela a respeito do seu temperamento: discute mesmo, bate-boca e não está nem aí. Será que isso já garantiu uma passagem de ida pro programa? Eu acho que sim.

A cearense REBECCA tem um rosto lindo e um corpão e é uma das outras que eu fico e dúvida sobre ser a mais bonita. Não deve encontrar dificuldades pra entrar na casa, principalmente com um corpo como esse. Só podia ser um pouquinho mais alta…

A mineira SANDRA também é outra participante que promete muito nessa edição. Tem um rosto lindo e um corpo ideal. E tem cara daquelas que se dedica para realmente dar o melhor de si. Deve avançar bastante na disputa, chegando até entre as finalistas, quem sabe? É puro achismo!

Eu tinha gostado bastante da carioca (olha aí de novo) TATIANA. Tem um visual meio Luciana Mello. O problema é que ela tem idade para ser a Luciana Mello! 27 anos é mais velha que qualquer uma participante do ANTM. Será que ela consegue superar isso e passar uma imagem mais jovial?

Eu quase não sei o que escrever sobre a gaúcha VANESSA. As fotos tão boas, ela tem um rosto bonito, um corpo bonito. Mas ela é tão chuchu, que quase não se tem o que dizer. Er… Pois é!

 

Bom, mesmo que tenha algumas meninas que não são nada demais, têm outras que tem grandes potenciais. E mesmo as mais fraquinhas, todas são bonitas (com exceção de duas, Malana e Karina). O que já foi um casting beeeeem melhor que o do ciclo passado, que apenas algumas eram bonitas. Outra coisa que se deve elogiar é a qualidade das fotos. Se for reparar bem, as meninas aparecem com três roupas diferentes e a produção é muito melhor que a da temporada passada (a claridade era tamanha que quase não se via as garotas direito). Começo a ter boas esperanças para esse ciclo! Quem viver, verá!

Read Full Post »

1- Estrelar uma série que vicie pessoas √

2- Participar de vários programas ao mesmo tempo √

3- Acolher uma celebridade querida visando a sua imagem pessoal √

4- Atuar na indústria cinematográfica √

5- Ter seu próprio boneco para manipular as pessoas [em breve]

Read Full Post »

Séries no Emmy: Mad Men

Na tentativa de comentar sobre as séries que foram indicadas ao Emmy mas não receberam a sua atenção aqui no blog, resolvi criar essa nova “sessão”. Uma das séries que não acompanhei regularmente foi Mad Men. No entanto, consegui baixar e assistir todos os episódios da primeira temporada para conseguir acompanhar melhor a premiação. E agora sim posso dizer, que série…

Mad Men é um seriado elogiado pela crítica cuja história consiste na rotina de uma agência de publicidade e na vida pessoal de seus funcionários. Todos os atores realmente estão em ótimos momentos, a começar pelo protagonista Jon Hamm, que interpreta o diretor criativo da agência, Don Draper. No início da série, nós percebemos um personagem que parece dominar o ambiente em que vive. Os funcionários querem ser iguais a ele, os clientes o admiram, os chefes o respeitam. Mas assim que o tempo passa, o espectador conhece outra faceta de Don. Além de sabermos que ele coleta amantes (algo que não parece culpá-lo), também descobrimos o seu passado, algo que ele tenta esconder a todo custo. O episódio “Kennedy vs. Nixon” é o ápice de sua atuação: simplesmente perfeito.

Mas não é só Hamm que merece destaque. Elisabeth Moss, que vive a secretária Peggy Olson, dá o tom perfeito para uma personagem tão obsessiva e focada. A cena em que ela direciona uma funcionária para uma gravação de voz para spot, um comercia na rádio, é simplesmente fascinante. Uma pena ela não ter sido reconhecida pelo Emmy (talvez se tivesse feito a campanha para coadjuvante). January Jones faz companhia a ela como a esposa de Don Draper, Betty Draper. Emocionalmente perturbada, a atriz opta por não criar uma atuação histriônica e “chamativa” e tem o seu auge em uma conversa sobre adultério com o marido. Outro ator que merece a sua devida atenção é Vincent Kartheiser que interpreta o ambicioso Pete Campbell. É incrível como ele entrega um ar de prepotência e arrogância ideal para o personagem, tornando Pete um individúo completamente insuportável (mas perfeitamente real).

A série merece todos os elogios que recebeu e o gancho deixado para a próxima temporada também promete bastante. É impecável? Não. Há diversos problemas na série, principalmente quanto ao ambiente de trabalho (o roteiro apela com as constantes conversas entre funcionários, parecendo que eles nem trabalham, sem mencionar a infantil apresentação de Don Draper no episódio final). Mas quem disse que precisa acertar sempre pra fazer uma série como essa?

Read Full Post »

Novo projeto

Deu no Cineclick:

O diretor Tim Burton (Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet) será responsável pelo filme Alice, baseado no livro Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll.

 Burton fará a adaptação a pedido da Disney. O objetivo do estúdio é refilmar clássicos que foram feitos em animação, mas em live-action, ou seja, com atores de verdade. A intérprete da garota que dorme e acaba conhecendo lugares fantásticos será a atriz australiana Mia Wasikowska (Defiance).

O diretor vai utilizar a técnica de captura 3D, a mesma de A Lenda de Beowulf (2007) e Capitão Sky e o Mundo de Amanhã (2004). O roteiro, de Linda Woolverton (roteirista de O Rei Leão), promete ser ser mais macabro do que a versão animada.”

Desde sempre eu quis ver Tim Burton, o meu diretor favorito, dirigindo Alice No País das Maravilhas. Nem acredito que ele vai fazer isso de fato! E ainda com a garota que arrasou na série In Treatment. Filme que espero ansiosamente de nº 5874…

Read Full Post »

Que mané Emmy…

O Emmy desse ano foi mais justo que as edições anteriores, isso é verdade, mas será que mais justo que os escolhidos pela Sociedade dos Blogs de Séries? Não esnobamos Pushing Daisies na categoria principal, e até que refizemos várias injustiças, como Connie Briton de Friday Night Lights em Atriz de Drama, David Duchovny em Ator de Comédia, Becki Newton em Atriz Coadjuvante de Comédia, Rose Byrne em Atriz Coadjuvante de Drama. Mas é claro que, como toda unanimidade é burra, alguns dos meus preferidos acabaram ficando de fora (Bryan Cranston de Breaking Bad, Zeljko Ivanek de Damages, Elisabeth Moss e January Jones de Mad Men,  e o meu xodó Desperate Housewives).

Veja aqui o Jerry Awards 2008 com seus próprios olhos e depois comente: fomos melhor ou não?

Read Full Post »

Na última disputa, o fato de ter uma série totalmente virada para o universo nerd favoreceu Sheldon de The Big Bang Theory. Foi mais uma vitória unânime (sendo a outa conquistada por Patricia Arquette de Medium), dessa vez contra o simpático Hiro de Heroes. Será que alguém ainda assiste essa série?

Essa semana os homens continuam a disputar, mas por um título totalmene diferente: o de maior pegador. O cirurgião Christian Troy, de Nip/Tuck, contra o escritor Hank Moody de Californication. Um já está na estrada há cinco anos, enquanto o outro está em seu primeiro ano. Mas não espere por nenhuma jogada amadora…

Christian tem um senhor histórico: além de catar praticamente todas as suas clientes, ainda tem várias fantasias e vontades realizadas (que o diga aquela vez que transou com mãe e filha ao mesmo tempo). Hank também não fica muito atrás, sendo responsável por vários escândalos (como quando foi pego em flagrante pelo marido da garota em questão, logo no primeiro episódio).

Então faça a sua escolha. Na disputa dos maiores pegadores, quem vence essa?

Read Full Post »

Older Posts »