Feeds:
Posts
Comentários

Archive for agosto \30\UTC 2007

Como eu havia perdido a estréia, deixei para falar de Caminhos do Coração depois que eu visse um episódio da novela. Assim eu poderia falar melhor das atuações, possíveis “defeitos” especiais, a trama e toda a essência da novela. Porém, mesmo assistindo o episódio de ontem, não me sinto no direito de falar muita coisa, já que na própria novela não aconteceu muita coisa.
Quero dizer, o aspecto técnico está ótimo: a cenografia está bem feita, a fotografia da série também ficou interessante e a edição teve suas falhas, mas no geral foi boa. Como não surgiu nenhuma pessoa usando seus super-poderes, não posso falar se foram bons ou não (embora tenha ouvido elogios a respeito deles). Então prefiro me ater ao que eu conferi.

A trama tá muito mastigadinha, muito auto-explicativa. Os personagens contam a história e contam mais uma vez para reforçar a idéia no espectador. Imagino que isso ocorra devido a heterogeneidade do público-alvo: os espectadores são de todas as classes, e é notório que as pessoas da classe C ou D não tem o mesmo conhecimento que as pessoas da classe A ou B. Não quero ficar discutindo sobre essa questão educacional, pois todos que acessam o blog sabem desse problema, então não é necessário ficar batendo na mesma tecla (além do mais, como é começo de novela, geralmente o texto vai se aperfeiçoando, se adequando ao público com o tempo).

As atuações também não foram desastrosas, com a exceção de alguma interpretação mecânica aqui e ali (como aquela atriz sócia do Sócrates, que teve um desastroso diálogo em inglês), o elenco no geral é bom. Sem contar que a novela tem bons atores, como Taumaturgo Ferreira, Ricardo Petraglia, Patricya Travassos, André di Biase, André Mattos, Gabriel Braga Nunes e o ótimo José Dumont.

Para finalizar, acho que a série merece uma conferida. É uma jogada arriscada da Record em apostar numa série em ficção científica como essa. Como adoro histórias relacionadas a super-poderes, vou assistir a novela para ter uma opinião mais fundamentada. Aliás, acho muito estranho quando as pessoas dizem que a série é uma cópida de Heroes. Vamos combinar que Heroes também não é nem um pouco original (além de possuir inúmeros defeitos). É como disse o autor Tiago Santiago (responsável pelo enorme sucesso de Prova de Amor), a inspiração veio mesmo de X-Men e em histórias gregas que tmabém possuiam esse imaginário fantástico. Além do mais, como a emissora já exibiu uma propaganda incluindo trechos da série americana, não acredito que ela vá deixar de passar na tv aberta.

Anúncios

Read Full Post »

Neste exato momento estão reprisando o episódio The West Coast Delay de Studio 60 on the Sunset Strip. Agora me digam, se a Warner planeja correr com a transmissão da série, exibindo dois episódios por semana, porque estão reprisando a série?

Mais um para a série, “as maravilhas dos canais a cabo”…

Read Full Post »

Bananas?

Aquela conversa entre Andy e Shane foi obviamente a parte mais engraçada do episódio. Foi hilário ouvir as dicas que o tio dava ao sobrinho sobre os melhores jeitos de se masturbar, ainda mais quando ele falou das bananas. Uma alternativa bastante… hã… criativa. Mais engraçado ainda foi a conversa que Nancy tentou ter com o filho: “É perfeitamente natural as mudanças em seu pênis”, “O que é perfeitamente natural?”, “Aquela coisa que sai quando você mexe nele”. Parabéns para Mary Louise e Alexander Gould!

E eu sei que já está ficando um pouco chato em bater sempre na mesma tecla, mas como a Elizabeth Perkins está hilária, hein? Aquela discussão que teve enquanto fazia ginástica de manhã foi ótima! Um Emmy já para ela! Agora! Right away! Por sinal, queria saber se ela sabe sobre a “profissão” da Nancy. Achei que ela sabia, mas fiquei em dúvida depois daquela conversa que ela teve com a dona de casa quase no final do capítulo.

Quanto ao agente que descobriu que ela era traficante. Bem… Pode-se dizer que casar em Las Vegas sempre causa arrependimentos futuros.

WEEDS – Episódio 2#03 “Last Tango In Agrestic” exibido pelo GNT

Read Full Post »

Promos

Uma das coisas boas em época de midseason é assistir os promos que as emissoras fazem dos próximos anos de suas séries. A de Heroes, por exemplo, teve um sneak peak e um promo mais elaborado. Como não dá para analisar toda uma temporada baseada nesses previews, prefiro divulgar aqui os promos mais elaborados, aqueles que se destacam pela estética.

Começarei então por Heroes que divulgou uma propaganda bonita até. Não acho que o estilo dela seja parecido com o da série: achei que ficou muito “filtro solar”. óbvio que isso não significa que eu não gostei, mas sim que ficou fora do clima do seriado.

Em seqüência, não poderia deixar de fora o tradicional promo de Desperate Housewives que o meu amigo Maurício postou em primeira mão. Contando com essa nova divulgação, a série já divulgou quatro promos, um para cada temporada, todas dirigidas por David La Chapelle. Assim como todos os outros vídeos, o promo adianta as situações que cada uma das cinco personagens vivenciará no próximo ano. Só não captei a parte da Susan e da Gabrielle (e quem conseguiu e estiver afim de me explicar, sinta-se à vontade). Vale a pena ressaltar que o vídeo é estritamente proibido para quem ainda não viu a temporada anterior, pois tem spoilers brutíssimos!

Ainda graças ao Maurício, vi um outro vídeo (este, uma pequena entrevista com as atrizes) em que Eva Longoria solta uma revelação bombástica: uma das personagens vai morrer no episódio seis ou sete. Eu já tinha lido uma reportagem em que diziam que uma das quatro principais iria aumentar o cemitério de Wisteria Lane. Como já haviam batido na mesma tecla nas temporadas passadas (dizem as más línguas que a intenção era matar Bree no episódio “Bang” do terceiro ano), nem dei muita bola. Mas agora que uma das próprias atrizes diz essa informação em um material de divulgação da própria série é chocante. Será que vão salvar Edie e matá-la depois? Será que Katherine, a nova vizinha, assassinará Bree? O câncer vai vencer Lynette? Susan e Gabrielle passarão dessa para a melhor? E essa quarta temporada que não chega…

Read Full Post »

Sawyer Gaston?

Em vez de ficar discutindo sobre a contratação dos próximos atores de Lost (o que deixarei para fazer depois), achei um vídeo mais interessante e divertido. Sabem o desenho A Bela e a Fera? Um fã da série bastante criativo fez uma edição utilizando alguns momentos do Sawyer sob a música “Gaston”. Eu, que sou fã do desenho e de praticamente todo desenho da Disney, adorei! Mesmo porque os personagens combinam bastante (com a exceção de que o sobrevivente tem um caráter melhor que o do vilão da Disney). O vídeo segue abaixo:

Read Full Post »

Não comentei o episódio passado de Studio 60, porque eu simplesmente dormi durante o programa (embora tenha sido só no finalzinho). Ontem aconteceu a mesma coisa, mas felizmente eu consegui pegar a reprise. Não sei se foi porque achei o episódio fraco ou se o cansaço bateu, mas o capítulo dessa semana foi um pouco fraco, não?

Não que as histórias dos coadjuvantes não tenham sido bem escritas, porque até foram. O problema maior foi com a relevância disso para a série. Quer dizer, será que saber sobre a relação entre um dos escritores e seus pais será realmente fundamental para a série? Afinal de contas, nem sei o nome do indivíduo!

Entretanto, já o episódio da semana passada foi mais interessante. O passado de Harriet dentro e fora do programa, somado a compra do ex-seriado da HBO são elementos que terão maior importância futuramente. O que o episódio pecou mesmo foi na falha de edição: haviam momentos em que uma fala atropelava a outra, enquanto que haviam cenas bastante lentas e silenciosas. Também não estou dizendo que deveria ser totalmente “quieta” ou “rápida”, mas que dividissem melhor esta mistura.

Apesar desses dois últimos episódios terem sido bastante fracos, ainda dou uma chance para a série. Afinal de contas, não se pode acertar sempre…

STUDIO 60 ON THE SUNSET STRIP – Episódios 1#05 “The Long Lead Story” e 1#06 “The Wrap Party” exibidos pela Warner

Read Full Post »

Para aqueles que estavam impacientes e ansiosos em saber quem ocuparia a bancada do reality show brasileiro, Brazil’s Next Top Model, não temam mais! Foi anunciado que a nova apresentadora do programa será a top carioca Fernanda Motta (foto). Apesar de ser desconhecida do grande público, Fernanda tem um histórico como modelo bastante admirável: já saiu duas vezes na “Sport Illustrated”, foi fotografada por Richard Avedon (ícone da fotografia de moda), faz parte do invejável grupo de modelos da “Victoria’s Secret”, tais como Heidi Klum, Alessandra Ambrósio, Adriana Lima, Karolina Kurkova e Gisele Bündchen. Fernanda posa para lojas alemãs, inglesas e americanas e sua diária de fotos para um catálogo custa US$ 15 mil. Recentemente saiu em sétimo lugar na lista das modelos brasileiras mais bem pagas.

Quem também está na lista dos jurados são Erika Palomino, uma jornalista e consultora de moda e um dos maiores nomes na área fashion do Brasil, Alexandre Herchcovitch, um dos maiores estilistas do país, e Paulo Borges, organizador do São Paulo Fashion Week. O instrutor de passarelas Namie Wihby da “Wannabe” também marcará presença no programa no melhor estilo Miss Jay.

E então, gostaram ou não? Preferiria ver um fotógrafo no júri do que Paulo Borges, mas vejamos como ele se sairá. Sobre a apresentadora não tenho muito a acrescentar, mas é bem melhor que Gianne Albertonni.

Fonte: RG Vogue

Read Full Post »

Older Posts »